Rascunho versos. Neles, sentimentos.

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

LÍNGUAS QUE NÃO SE RETRAEM






Línguas que não se retraem

Nossos beijos escandalosos,
escondidos,
saborosos,
sempre lembram um ponto final.

Mas demonstram serem vírgulas,
pausas para respiração.

E do nada estamos juntos
cedendo à tentação.

Bocas que se atraem,
línguas que não se retraem,
Danem-se os nossos senões.

©rosangelaSgoldoni
29 01 2011
RL T 2 758 716

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será bem-vindo!