Rascunho versos. Neles, sentimentos.

sexta-feira, 29 de agosto de 2014

ETIQUETA VENCIDA




Etiqueta Vencida


Minha etiqueta de validade urbana
está prestes a vencer.
Um basta de engarrafamentos,
buzinas enfurecidas
freadas despropositadas.



Aguardo ansiosa
as juritis correndo à
beira do rio em algazarra;
um por do sol
esquadrinhado entre os montes;
a lua descortinando-se sobre a rua;
uma brisa que limpa os resquícios da

 brevidade de viver!

rosangelaSgoldoni
05 01 2011
RL T 2 711 817
revisada em 29 08 2014

quinta-feira, 28 de agosto de 2014

DIVULGANDO EVENTO CULTURAL: CAMPINAS




Grupo de músicos da Suiça - Schola Cantorum Basiliensis

Espetáculo: If ye love me
Data: 29 de agosto
Horário: 20h
Local: Teatro Castro Mendes
Apresentação Gratuita: Distribuição de ingresso, por ordem de chegada,
na bilheteria do teatro a partir das 18h

Bilheteria: (19) 3272.9359
Conforme e-mail recebido da Secretaria de Cultura de Campinas

quarta-feira, 27 de agosto de 2014

HISTÓRIAS DE DOMINGO




Histórias de Domingo


Aos domingos inventava alguma história.
Deitada na cama
rodeada de filhos,
a galinha e seus pintinhos.
Inventei o tal Alberto
motorista dos Correios:
relatava um trajeto,
encomendas e defeitos
na sua Comble* amarela
(da minha janela
descortinava-se o estacionamento).
E foram tantas as histórias
e tão poucos domingos,
o tempo perdeu-se nas horas
de um ponteiro furtivo...
Apenas as lembranças
daqueles momentos no ninho.

*Comble (Kombi, segundo a pronúncia do meu filho à época) 

©rosangelaSgoldoni
27 08 2014
RL T 4 939 039
Publicado na Antologia Mulheres Fascinantes III 2015 SP Editora Delicatta

terça-feira, 26 de agosto de 2014

ALICE



ALICE

Incorporo Alice
quando te enroscas em meu colo
sorrindo
(fetal nonsense).
A paz nos devora com a imprudência dos contos de fada.

©rosangelaSgoldoni
20 07 2014
RL T 4 938 335

quarta-feira, 20 de agosto de 2014

O JOGO DA VIDA





O JOGO DA VIDA

Presente
Passado
Futuro
O jogo da vida em curso
Cartas
Rondéis
Redondilhas
Roletas
Cordéis
Armadilhas

O verso está na mesa!
Ao poema, Senhores!

16 08 2014
©rosangelaSgoldoni
RL T 4 930 604

segunda-feira, 18 de agosto de 2014

O QUE EXISTE POR TRÁS DE UM SORRISO?



O que existe por trás de um sorriso?

À primeira vista, revela-se carinho e bom humor.
Alegria, felicidade em contraponto à tristeza.
Um sorriso quase sempre é cobrado pela família, amigos e, principalmente, em fotos de redes sociais.
Mostre o seu sorriso, quero ver você sorrindo, troque a foto por algo mais leve, a vida é breve!
A obrigação de ser feliz em tempo integral impõe-se!
Percebo uma modalidade de sorriso muito presente na atualidade: o sorriso profissional.  Ao soar de um clique, abrem-se os lábios e perfilam-se os dentes. Muito mais frequente do que se pretende.
E os sorrisos permanentes?
Estes sempre me intrigaram.
Assistindo a uma reportagem na TV, parte da minha curiosidade foi saciada.
Por trás da graça de um comediante pode existir uma depressão ou angústia camuflada.
Vários nomes citados, outros entrevistados confirmaram.
Frequentam terapeutas e fazem uso de medicamentos.
Antes assim, uma atitude saudável frente ao problema instalado.
Foi quando me dei conta de que tive um amigo que vivia radiante. Sorriso em prontidão. A cada problema, uma piada. Era a alegria personificada. Até que um infarte fulminante o levou.
Concluí que há que se dosar a tristeza, mas sorrir é fundamental, desde que seja
“de dentro pra fora”!

©rosangelaSgoldoni
18 08 2014
RL T 4 928 100

domingo, 17 de agosto de 2014

SORRISO FRANCO





SORRISO FRANCO

Nunca se esconda por trás de um sorriso
se houver um grito que teima em calar.
Urre, esmurre se for preciso,
um sorriso franco há de brotar.

©rosangelaSgoldoni
18 01 2014
RL T 4 926 855
Publicado na Antologia Café com Verso IV 2015

Editora Delicatta SP

sábado, 16 de agosto de 2014

COLEÇÕES





COLEÇÕES

Foi-se o tempo de colecionar 
medos,
culpas
e
desculpas.

Hoje coleciono vida:
uma
 a
 cada
 dia.

©rosangelaSgoldoni
17 08 2014
RL T 4 925 754

SONHOS E ALGO MAIS




Sonhos e Algo Mais

Envolvida demais!

De mais,
Quintanas,
Leminskys
Ruizes
me atraem.

Se Caio pelos Fernandos,
Caieiro borboletou-me
e assim,
sem medos,
batterflay por aí.

Não que me posicione à gauche,
tenho um lado chevauche
que não me deixa mentir.

Ando envolvida demais com meus sonhos!

©rosangelaSgoldoni
16 08 2014
RL T 4 924 986

sexta-feira, 15 de agosto de 2014

CHUVA EM TARDE FRIA




Chuva em Tarde Fria

Passarinho
em busca do
ninho
[abrigo].
Sapo encolhido no
vaso
[agasalho].
Gato perambula
pelo muro
[seguro].

Escrever
patina
fadiguento
[unguento].

©rosangelaSgoldoni
11 08 2013
RL T 4 923 846

quarta-feira, 13 de agosto de 2014

PARTIDAS



PARTIDAS

Foram-se
poetas,
atores
tristes,
olhos azuis esperança.
Que eu não me perca das lembranças,
dos sonhos
e da Luz que os ilumina
além do horizonte!

©rosangelaSgoldoni
13 08 2014
RL T 4 921 208

segunda-feira, 11 de agosto de 2014

AMOR EM FLORAÇÃO





AMOR EM FLORAÇÃO
,
Caprichos da natureza,
 pradaria de estrelas
e o calor de nossas mãos.
Revestem-se de silêncios,
céu aberto,
firmamento,
noite alta,
sedução.
Síntese de um amor em floração.

©rosangelaSgoldoni
03 07 2014
RL T 4 868 374

CACOS DE VIDRO




Cacos de Vidro

Há sonhos que nascem fadados ao impossível.
Deixam rastros,
cobram pedágios,
cacos de vidro.
Atenta aos sinais,
retraçar rumos
não me parece absurdo.
Há um leme camuflado na mente.
Sensibilidade,
toques de veludo
calibram
os desejos mais profundos.
Que venha o provável!

©rosangelaSgoldoni
11 08 2014
RL T 4 918 489

domingo, 10 de agosto de 2014

SEGUNDO ME CONTAM...




SEGUNDO ME CONTAM...

Dou tempo
ao tempo
para que ele,
o tempo,
ajuste  seus
ponteiros.
Há uma pressa
impressa no seu ritmo
que atrasa
o compasso dos meus passos
(em detrimento da minha vontade).
Segundo me contam,
meu tempo é o tempo
de estreitamento,
outono,
suspiros e saudades
até que ele,
o tempo,
se desvencilhe de mim.

©rosangelaSgoldoni
01 08 2014
RL T 4 917 351
Publicado na Antologia Poemas à Flor da Pele, vol. 10, 2016 Porto Alegre

sábado, 9 de agosto de 2014

ENVELHECER






Envelhecer
é
manter
o
olhar
no
horizonte
remexendo
o
baú da alma.

©rosangelaSgoldoni
09 08 2014
RL T 4 915 456



Publicado na Antologia Poemas à Flor da Pele vol. 9 2015
Editora Somar Porto Alegre


sexta-feira, 8 de agosto de 2014

DESCONVERSAS




DESCONVERSAS

Não me venha com desconversas!
A dor estancou
sem choros ou sequelas!

©rosangelaSgoldoni
10 01 2011
RL T 4 951 429

Resgate do Orkut

quinta-feira, 7 de agosto de 2014

A GOSTO DO AUTOR


A GOSTO DO AUTOR

Agosto
a gosto do autor.
Bienais em festa.
Vida,
prosa e poesia
desfilam pelos corredores.

©rosangelaSgoldoni
08 08 2014
RL T 4 914 077

UM BRINDE À POESIA agosto 2014






ARDIDA COMO PIMENTA (Da série: Brincando com Poesia)





Ardida como Pimenta

Sou pimenta calabresa,
ardida se provocada.
Talvez dedo-de-moça
qualquer dá cá aquela palha.
Quem sabe malagueta
em óleo de rosa mosqueta?

Estou mais pra pimenta branca,
a do reino, moída e branda.


©rosangelaSgoldoni
27 02 2011
RL T 2 818 809
revisado em 07 08 2014

quarta-feira, 6 de agosto de 2014

O PODER DO SILÊNCIO







O Poder do Silêncio


O poder do silêncio
é dádiva divina,
dos amores perdidos
à lágrima contida.

O som do silêncio
é sublime sinfonia,
mergulho profundo,
seu poder é magia.

No silêncio me encontro
quando me sinto perdida;
é meu contraponto
às intempéries da vida.



©rosangelaSgoldoni
24 10 2009
RL T 2 642 161

FEIRA DO LIVRO DE PORTO ALEGRE NOV 2014

Presente!



terça-feira, 5 de agosto de 2014

TANGOS E BOLEROS



ERRATAS




ERRATAS

Onde há dúvidas,
consulto-me com Ele:
transbordo em certezas,
evito decisões equivocadas!

Sensatez faz pouso em meu caminho,
pensamentos desdobram-se em cascatas,
só a Ele presto contas...

Sem erratas!

©rosangelaSgoldoni
03 08 2014
RL T 4 908 209