Rascunho versos. Neles, sentimentos.

quinta-feira, 27 de setembro de 2018

SENTIDOS (COM VÍDEO)



Encontraram-se ao acaso.
Buscavam o verdadeiro sentido da liberdade de viver.
Sentidos de luz,
de paz,
de pele,
ensaiaram o toque das mãos que se atraeam.
Atrações que não fossem fatais,
apenas banais aos
lençóis do amanhecer.
Algumas cores,
um vaso com flores
e o canto do sabiá.
Bandeja pequena,
um café,
um poema
e asas dispostas
e alinhadas para voar.
Alinhavaram um sentimento suspirado
em suspense de se assentar.

©rosangelaSgoldoni
25 05 2018
RL T 6 461 477




terça-feira, 18 de setembro de 2018

ABUSADA



Naquela noite escura,
breu absoluto sem lua,
abusou da imaginação:
ela, Greta Garbo insinuante;
ele, Clarck Gable envolvente.
Takes de um amor de cinema
projetados na tela da mente.

Cena e cenário desfeitos
pelo intempestivo da vida,
sonhou cinderela carente.
Acordou sorridente nos
braços de um príncipe qualquer.
Aos pés da cama,
um par de sapatos largados
(ordinária imitação de cristal).

©rosangelaSgoldoni
15 09 2018
RL T 6 451 988

quinta-feira, 13 de setembro de 2018

UM RIO QUE SE FOI



Li no post de uma amiga:
"Sim o RJ é lindo... mas segurança ZERO" . Tomo a liberdade de completar sua frase: segurança zero em todos os sentidos, incêndios, desabamentos, degradação de logradouros públicos.
O Rio de Janeiro continua lindo mas somente a natureza traduz a sua beleza.
Onde foi parar a elegância da Cinelândia?
Mesbla, teatros, cinemas...
Hoje eu a revi em triste realidade: bares vazios, praça e becos fétidos, maltrapilhos deitados sobre seus bancos.
Senti medo e um toque de nostalgia dos tempos em que o relógio da rua do Passeio marcava o tempo.
©rosangelaSgoldoni
13 09 2018

RL T 6448029
imagem do google

sábado, 8 de setembro de 2018

HORIZONTES E LIBERDADE



Chamamentos
de
civismo,
clamores de cidadania
eivados de sentimentos simbióticos
agonizam
no pátio
da paciência,
leniência,
displicência,
conveniência pátria.
Acordai filhos desta Nação!
Há chamas que nos consomem
num mar de Histórias,
nas brasas da desunião,
opinião,
polarização em pontas de facas,
catracas a caminho da desilusão.
Hei de registrar o raiar da igualdade nos horizontes do Brasil!

©rosangelaSgoldoni
07 09 2018
RL 6 442 947

quarta-feira, 5 de setembro de 2018

À MULHER QUE PERDEU SEU FILHO



O que dizer à mãe que perdeu seu filho?
- Repousa agora no colo de Deus (no mesmo colo em que Jesus se aqueceu)?
- Consola-te mulher, a missão foi cumprida: é tempo de adeus?

OU
Aplica-te à fé e o tempo será generoso (se puder te servir de consolo)!

Rogoldoni
23 07 2013
RL T 4 400 969

PRELÚDIO PRIMAVERIL




Amanheceu renovada.
Sorriu para a janela entreaberta e
a escancarou para a vida.
Agradecida,
cumprimentou o Sol e as margaridas
que,
altivas,
salpicavam o jardim.
Ao beija-flor
ofereceu
um cálice do néctar essencial
colhido no amanhecer.
Afinal,
apresentava-se a primavera
numa bandeja de pétalas
que se insinuava por entre
fontes e ninhos, 
algazarras de passarinhos
e nas alcovas dos amores desavisados.

©rosangelaSgoldoni
04 09 2018
RL T 6 440 504