Rascunho versos. Neles, sentimentos.

segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013

ASSEPSIA SENTIMENTAL




Há sombras
que me acompanham.
Reais ou imaginárias,
fazem parte da minha jornada.

Sombras
que me abrigam do sol
nos verões impiedosos;
as que projetam a lua
nas noites de grata luxúria.

Há sombras de ansiedade,
quando, à noite, pela cidade
busco o caminho de casa.

Há sombras do passado...
Merecem atenção especial:
trato-as com muito respeito
sem transformá-las em tormento.
Imponho-lhes velocidade de escape,
em detrimento à gravidade.

Distanciamento estratégico,
procedimento asséptico,
mais que lavar as mãos:
assepsia de sentimentos e emoções.

©rosangelaSgoldoni
10 08 2012
RL T 4 159 653




sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

MADRESSILVAS




Coloridas, sensitivas,
loniceras de fino trato,
madressilvas femininas,
fragrância  envolvente abraço.
Aconchego de borboletas,
ensinem-me a libertar
asas que reinventem
meu delírio crepuscular.
Sou sempre-viva desfalecida,
realidades a contrastar,
peço por seus unguentos
para minh’alma purificar.

©rosangelaSgoldoni
10 02 2013
RL T 4 153 928


quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013

AMIZADE SEM HORA MARCADA




Esporadicamente nos encontramos.
Festejamos a amizade que nasceu aos cinco anos.
Os caminhos multiplicaram-se no decurso das jornadas.
Vira e mexe, encontramo-nos ao sabor das estradas.
Conversamos sobre nossas lutas,
cada um com suas armas:
você, Medicina,
eu, analisada.
Saúde?
- Assim, assim!
Mas vamos tirando de letra,
entre goles de cerveja.
Agora é partir
e, ao acaso,
a próxima parada.
Seja onde for,
sem hora ou data marcada.

©rosangelaSgoldoni
20 02 2013
RL T 4 151 267


segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013

CONTA-GOTAS






Cato sonhos
em conta-gotas:
impressões de
uma paixão.
quase louca.
Conto contas,
corto pontas:
aparas
de
uma
vida
onde
a
alegria
desponta.

©rosangelaSgoldoni
08 01 2013
RL T 4 146 643

sábado, 16 de fevereiro de 2013

VÉUS DE MUSSELINA




Um amor despreocupado,
sem angústias ou sobressaltos,
espreita-me n’alguma esquina.

Um amor sem chorumelas,
sem tramas de telenovelas,
que se esconde além da neblina.

Urge descortinar-me
a tempo de revelar-me
à luz das suas retinas.

Amor sem contraditório,
que hidrate meus sonhos e poros
entre véus de musselina.

 ©rosangelaSgoldoni
16 02 2013
RL T 4 143 276
Publicado na Antologia Café com Verso, vol. 2, 2013, Editora Futurama SP

sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

MINHA CASINHA DE BONECA






Aqui, meu recanto,
sou dona de mim
sou livre, descanso,
liberta enfim.

É como um brinquedo
que não pude ter
e guardo segredos:
não queira saber.

No céu não consigo
estrelas contar,
sentada escuto
um grilo a cantar,
bela sinfonia
que me faz chorar.

Janelas abertas
com rendas e laços,
o sino dos ventos
entende o compasso
e eu, sorrateira,
fronteiras tranpasso.

O meu aconchego
espera por mim;
são idas e vindas
que nunca têm fim,
quem sabe um dia
eu crie raízes
tal qual angelim.

 ©rosangelaSgoldoni
06 02 2010
RL T 2 507 624

quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013

SÃO VALENTIM



São Valentim,
olha por mim,
busco
um amor,
gosto e sabor
fruta de outono.
Enamorados,
abençoados,
que
seja
em
segredo,
aceito
sem
medo.
Cuida de mim,
Ai Valentim, Valentim !

©rosangelaSgoldoni
13 02 2013
RL T 4 138 987

ABRAÇO II




Dois corações imantados que só dependem de aproximação!
Aproxime-se, então!

©rosangelaSgoldoni
13 02 2013
RL T 4 138 174

SHERAZADE





Mosaicos rebuscados ofuscam minha visão.
Colunatas finamente cinzeladas sustentam a emoção.
Abóbodas celestiais invocam Sherazade
em mil e uma noite de ilusões.
Quisera contar histórias,
distrair-te até a hora
da nossa revelação.
Mas tenho os pés no chão.
Tapetes,
que não são mágicos,
abrigam-me na tua ausência,
Triste criança:
ainda acredita
em contos de fada!

©rosangelaSgoldoni
13 02 2013
RL T 4 138 118


terça-feira, 12 de fevereiro de 2013

EXERCÍCIO DE PACIÊNCIA




Descrevi em verso e prosa
os atributos da minha roça.
O maior, por excelência
é o exercício da paciência.
Abertura de poros à sensibilidade;
refugiar-se na meditação,
entender que o tempo,
aqui,
não tem pressa,
corre com frouxidão.
O fruto que amadurece,
o fluxo do ribeirão,
as rosas da minha janela,
o gramado em brotação
não atropelam o tempo:
enquadro-me aos ponteiros da Criação!

©rosangelaSgoldoni
15 10 2012
RL T 4 135 718

domingo, 10 de fevereiro de 2013

PEIXE DE ÁGUA MANSA





Sou açude, 
sou lagoa,
sou o luar do sertão;
peixe de água mansa,
azálea em floração.

Sonhos em verdadeira acepção!

©rosangelaSgoldoni
10 02 2011
RL T 2 784 486

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2013

MÁSCARAS


imagem commons Wikipedia



Não uso máscaras todos os dias:
só quando necessário
(não me seduzem as fantasias)!

Verdades estampam minha face:
cordialidade,
paixão pela vida,
simplicidade!
Mas não sou tão transparente,
há esconderijos na mente.

Máscaras exigem momentos especiais:
encobrem desconfortos
em movimentos surreais.
Roupagem cênica conveniente:
emoções camufladas escoam
por caudalosos afluentes.

©rosangelaSgoldoni
09 02 2013
RL T 4 131 050

terça-feira, 5 de fevereiro de 2013

CARNAVAL



vale carne
carnaval,
quase
juízo final!
ruas despidas, 
sem culpas,
as cinzas impuras
questão residual.
paixão,
penitência,
clemência,
quiçá
indulgência
redenção contextual!

©rosangelaSgoldoni
06 02 2013
RL T 4 125 531

BATUQUES EM MEU CORAÇÃO




Não houve parada cardíaca!
Uma outra anomalia,
chamada decepção!
Dispenso o marcapasso,
acelero a bateria,
em franca evolução:
nota 10 em harmonia,
não dispenso alegoria,
descartando a medicação.
Novo enredo em construção!

©rosangelaSgoldoni

04 05 2011
RL T 2 947 926

sábado, 2 de fevereiro de 2013

DUAS TAÇAS DE CHAMPAGNE



Te
Quero
Assim:
Sem
Regras
Ou
Horizontes.
Apenas
Um
Leito
E
Duas
Taças
De
Champagne!

©rosangelaSgoldoni
02 02 2013
RL T 4 120 092

sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013

PROJETOS DE AMOR




Dance,
cante,
festeje.
Aplauda
do  nascer
ao por-do-sol!
A vida é um tanto travessa
não espere por surpresas,
faça seu próprio arrebol!
Escolha as cores das tintas,
brinde com taças de brisa
e salpique gostas do mar.
O amor, assim, deslumbrado,
sentir-se-á em berço dourado,
embalando projetos de amor.

©rosangelaSgoldoni
01 02 3013
RL T 4 118 620