RASCUNHOS DA ROGOLDONI

Rascunho versos. Neles, sentimentos.

sábado, 9 de dezembro de 2017

RAZÃO E PAIXÃO


Os limites entre o azul e o cinza
transformam-se em
poças,
piscinas
bordas cristalinas,
pingos de chuva
quase salinas,
lágrimas abissais...
Em cada esquina do firmamento
há um sonho,
um cismar
de amor eterno
em
adolescente reclusão.
Paixão,
mergulho além da razão.

©rosangelaSgoldoni
06 12 2017

RL T 6 194 823

terça-feira, 5 de dezembro de 2017

PÃO NOSSO (CONCURSO EM HOMENAGEM A FERREIRA GULLAR)


Vento que venta inverno
bate janela,
destrava tramela,
escorrega  pelo corrimão
da ansiedade.
Assustados,
os degraus gemem de frio;
a cama em arrepios
recobre-se  edredom.
O sono,
sem pestanejar,
rodeia  a luminária
num voo cego de cansaço.
Alguns versos carentes de sentido
aconchegam-se na mente do poeta.
Recolhidos com avidez
formata-se  em poema.

Seu pão de cada dia

adormece saciado sobre o balcão da escrivaninha.

Menção honrosa no Concurso em Homenagem a Ferreira Gullar promovido pela Poemas à Flor da Pele 2017.
Todos os textos concorrentes foram publicados em livreto pela Editora Somar.


sexta-feira, 1 de dezembro de 2017

ANOITECENDO PRIMAVERA



A primavera entardece ao som intermitente da cigarra.
O canto vai se apagando ao cair da noite.
No escuro,
meus sonhos ainda brilham na dança dos vagalumes.

©rosangelaSgoldoni
28 11 2017

RL T 6 187 770

segunda-feira, 27 de novembro de 2017

CONVULSÕES POÉTICAS


Loucos de todas as lavras,
safras,
visões;
fragilidades,
sensibilidades,
alucinações
sonham com o verso estético,
métrico ou assimétrico,
convulsões poéticas.
Sonâmbulos a vagar pelas praças,
luas e ruas
o silêncio interior fala mais alto.
O poema
passa sem pressa aos olhos dos loucos
que,
reconfortados,
recobram a lucidez.

©rosangelaSgoldoni
24 11 2017
RL T 6 184 100

quarta-feira, 22 de novembro de 2017