Rascunho versos. Neles, sentimentos.

sábado, 19 de novembro de 2011

DESCORTINANDO HORIZONTES




Quando
as adversidades
tentam me derrotar,
luto contra tudo
e contra todos,
até mesmo contra mim:
viro um bicho acuado
e contra-ataco  com garbo:
a vida me fez assim!

Persigo a felicidade
tal um guepardo a sua presa.
Descortino horizontes com
olhos de águia.
Vislumbro saídas da toca,
vencendo mais uma prova:
renovo cores no meu jardim.

©rosangelaSgoldoni
19 11 2011
RL T 3 344 920

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será bem-vindo!