Rascunho versos. Neles, sentimentos.

quarta-feira, 8 de junho de 2011

FANTASIAS QUE NÃO VESTI




FANTASIAS QUE NÃO VESTI

Mais uma vez se apresentam:
Antonio, Pedro e João!
Num contexto festeiro,
folclore e diversão.

Fogueiras que aquecem no frio,
quadrilhas, da França um estilo.
Delícias e fartura na mesa
casamento de brincadeira.

Lembro-me da minha infância:
aipim, batata doce e melado,
danças, balões e foguetes,
noite estrelada e mastros.

Fantasias que não vesti,
caipiras de saias rodadas,
bandeirinhas coloridas
tinham um quê de encantadas.

Não há mais terrenos baldios
para acender as fogueiras,
o meu suspiro tardio
esqueceu-se das bananeira
simpatias e desafios
descansam na cabeceira.

©rosangelaSgoldoni
foto by rogold
09 06 2011
RL T 3 023 223

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será bem-vindo!