Rascunho versos. Neles, sentimentos.

quinta-feira, 2 de junho de 2011

DOCE NA JUSTA MEDIDA






Sou doce na justa medida:
nem melada, nem enxabida.

Acidez no ponto ideal:
Ph quem decide é o real.

Atrevida, se necessário.
Não costumo guardar recados.

Às vezes pele de onça,
se catucar, tem bronca.

Outras, pelo de gato,
derreto-me com um afago.

Sou apenas uma mulher
que sabe e faz o que quer!



©rosangelaSgoldoni
23 02 2011
RL T 2 813 412

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será bem-vindo!