Rascunho versos. Neles, sentimentos.

quinta-feira, 16 de junho de 2011

COLADA NO SEU MURO




Que vontade de gritar
colada no seu muro:
saia e venha escutar,
não dá mais para desculpar
seu comportamento imaturo.

Suas verdades contestes
não fazem qualquer sentido,
são repetições em série,
tudo está bem entendido.

Afasto-me devagar,
descarto tal absurdo;
não me presto a proclamar,
prefiro mudar meu rumo.

©rosangelaSgoldoni
13 06 2011
RL T 3 038 493

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será bem-vindo!