Rascunho versos. Neles, sentimentos.

domingo, 24 de julho de 2011

BRISA DE MAIO



BRISA DE MAIO
Quero o frescor da brisa de maio
de encontro à minha face.
Tempos de um amor que se perdeu
em pleno apogeu :
paixão em desenlace.
O  encontro
foi  entrega e abandono,
mas a vida não nos entendeu.
Não éramos  prioridade,
sequer houve desgaste,
uma verdade que empalideceu.

Quem sabe,
num futuro inconsistente
nossos caminhos se entrelacem
e voltemos a cavalgar
num passado tão presente.
©rosangelaSgoldoni
07 07 2011
RL T 3 116 629

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será bem-vindo!