Rascunho versos. Neles, sentimentos.

quarta-feira, 13 de julho de 2011

AMIGO/IRMÃO


AMIGO/IRMÃO


Amigo,
te espero sentada
no banco da praça,
um tanto sem graça:
preciso de ti.

Teu ombro, amigo,
será meu abrigo;
poder lenitivo
contra a solidão.


Só quero que ouças,
e que me devolvas
um sopro de vida
ao meu coração.

Te espero na praça,
um tanto sem graça,
mas em ti confio,
amigo/irmão.


©rosangelaSgoldoni
14 07 2011
RL T 3 094 018

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será bem-vindo!