Rascunho versos. Neles, sentimentos.

quinta-feira, 19 de julho de 2012

NUVENS DE OCASIÃO






Tempo estranho,
sem definção.
Tarde morna,
esquisita,
nuvens em excitação:
escuras,
densas,
ameaçadoras,
ou
breve flutuação.
Não sabem se choram
ou recolhem-se aos
mares da solidão.
O
Sol,
impotente,
rende-se!
Eu,
da minha janela,
abrigo-me poesia,
imersa em reflexão.
Volto à realidade:
já é fim tarde,
garoa salpica a estrada
e respinga no meu coração.
©osangelaSgoldoni
18 07 2012
RL T 3 786 026
Publicada na Antologia Mulheres Fascinantes II, 2013, Editora Delicatta, SP

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será bem-vindo!