Rascunho versos. Neles, sentimentos.

domingo, 1 de julho de 2012

GRATIDÃO ETÉREA




A lua,
quase plena,
despida de nuvens,
passeia pela minha varanda.

Grávida luz
em refrações múltiplas,
entende minhas súplicas.
Envolve-me ciranda:
absorvo sua paz que não reflui.

Prossegue em viagem
levando na bagagem
minha gratidão etérea!

©rosangelaSgoldoni
02 07 2012
RL T 3 755 590


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será bem-vindo!