Rascunho versos. Neles, sentimentos.

domingo, 22 de julho de 2012

FORAM-SE OS MEUS VINTE ANOS





Não me agradavam os domingos.
Sandices da juventude que
não entendia o recomeço;
nada sabia do tempo
e dos seus mágicos desdobramentos.

Saudade passava longe;
ausências e perdas, ao largo.
Só existiam planos,
desenganos ausentes do vocabulário.

A idade adicionada,
os cabelos prateando,
percebi que tudo mudara:
foram-se os meus vinte anos.

Nesta longa caminhada,
aprendi de tudo um pouco.
Sorri, chorei, suportei,
sobrevivi a muitos sufocos.
Do prateado ao vermelho
pelos domingos passeio.

Agradeço, a cada dia acordada,
o possível da nova jornada.
Descobertas da idade madura:
sem crises, excessos ou lamúrias.

22 07 2012
©rosangelaSgoldoni
RL T 3 791453


2 comentários:

  1. Carmen Lins de Carvalho25 de julho de 2012 18:29

    Primeiramente, quero parabenizá-la pelo DIA DO ESCRITOR, hoje 25 de julho. Muito gostoso, ler o que você escreve.
    Ro, amo Charles Aznavour! Que canção mais que linda Hier encore!

    ResponderExcluir
  2. Carmen Lins de Carvalho25 de julho de 2012 18:34

    Que foram feitos dos meus vinte anos? "Hier encore" Que video lindo! Saudades de ontem!

    ResponderExcluir

Seu comentário será bem-vindo!