Rascunho versos. Neles, sentimentos.

quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

PESADELO NA CINELÂNDIA


 Um desabamento atingiu pelo menos dois prédios no Centro do Rio, na altura da Avenida Treze de Maio
no dia 25.01.2012


Mães, quando os filhos saem de casa, costumam dizer:
- Vai com Deus!
Ontem mesmo, minha filha, voltou para casa e a frase contumaz se fez presente.
Com uma bigorna sobre o peito, aguardava o “cheguei bem”, e chegou!
Amém!
À noite, pesadelo na Cinelância, centro nervoso do Rio de Janeiro.
Desesperados escancarados, chocados, empoeirados desfilavam na TV.
Eu tentava entender!
A mãe que procurava a filha (num dos prédios trabalhava e estudava), e o celular que não atendia. Impossível quantificar desespero, esperança, lucidez!
Ainda não sei se esta filha sobreviveu, mas, certamente, a mãe envelheceu.
Que possa, em algum momento, recobrar o discernimento e aceitar o desfecho.
Não minimizo a dor dos demais: outros tantos em confronto com o pesadelo.


Culpas e culpados ficam para depois.
Agora,
voltem todos para casa,
com DEUS!
Que assim seja!

©rosangelaSgoldoni
26 01 2012
RL T 3 463 019

Um comentário:

  1. Carmen Lins de Carvalho26 de janeiro de 2012 10:59

    E que sentimento de insegurança dos que vão continuar trabalhando na 13 de Maio e redondezas. Os prédios que desabaram eram das décadas de 20, 20 e 40. Que muitos tenham voltado para casa"

    ResponderExcluir

Seu comentário será bem-vindo!