Rascunho versos. Neles, sentimentos.

segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

UM VERSO SEM PERMISSÃO



A um verso sem permissão
concedo-lhe o passaporte;
do visto à concessão,
um dia terá suporte.

Chegando como semente,
cuidarei com gentileza;
dou tempo à brotação
até crescer um poema.
 

©rosangelaSgoldoni
12 11 2011
RL T 3 419 546


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será bem-vindo!