Rascunho versos. Neles, sentimentos.

quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

COMO NÃO TRANSFORMÁ-LO EM POEMA?

Tela Selma Nunes

 
Como não aplaudir?
Como não reverenciar sua imponência?
Como não transformá-lo em poema?
Abençoada fonte de vida e energía,
estrela central de um sistema,
esfera quase perfeita.
Sol,
Astro-Rei e sua coroa mutante.
Alimenta-nos com seu abraço envolvente,
e quando se vai,
o faz em grande estilo,
pois sabe que amanhã
será novamente aplaudido.

©rosangelaSgoldoni
25 01 2012
RL T 3 460 760

3 comentários:

  1. O sol em nossas praias é por demais exibido! Felizes daqueles que podem apreciar e aplaudir.

    ResponderExcluir
  2. Obrigada Naldo, pela visita e comentário.

    ResponderExcluir
  3. Carmen Lins de Carvalho26 de janeiro de 2012 11:12

    Bendito o Astro Rei que "nos alimenta com sua luz envolvente" todos os dias.

    ResponderExcluir

Seu comentário será bem-vindo!