Rascunho versos. Neles, sentimentos.

sábado, 22 de outubro de 2011

ANOS PRATEADOS




Foram tantos os anos vividos,

aqueles chamados dourados,
minha vida num redemoinho
redescobre-se em meio ao passado.
Retorno ao presente sem medo.
Meu corpo, hoje, calejado,
reconhece sem tristeza ou receio:
é tempo de cabelos prateados.
Mesmo que os matenha tingidos,
testemunham o caminho percorrido,
denunciam os espelhos revisados.


©rosangelaSgoldoni
28 04 2009
RL T 2 940 246





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será bem-vindo!