Rascunho versos. Neles, sentimentos.

quarta-feira, 25 de maio de 2011

SONHOS A GALOPE






Fogem-me os sonhos.
Tento alcançá-los a galope.
Triste consorte, meu ginete,
que se detém diante de um campo
em flores.

Inútil emoção.
Retomo as rédeas
sem pressa.
Comando o trote
decidindo recuar.

Eles hão de voltar,
eu posso esperar!

©rosangelaSgoldoni
26 05 2011
T 2 993 807
Poesia publicada na Antologia Poemas à Flor da Pele, volume 7, 2013 Editora Somar

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será bem-vindo!