Rascunho versos. Neles, sentimentos.

segunda-feira, 9 de maio de 2011

ENCONTROS E DESENCONTROS




Encontros e desencontros
me levam de bar em bar,
por mim já não respondo
estou quase a te ligar:
mas preciso me repensar.

Entre um drinque e outro
navego por tristes lembranças;
o timão abandonado
esquece o rumo traçado
e é preciso velejar...

o relógio sempre à vista
parece que está a gritar:
- E hora de levantar!
Ponteiros me esqueçam, respondo
meu tempo é singular!

Mas a hora não perdoa,
o tempo não escoa,
os versos desacertam,
as rimas se esfacelam:
não sei que atitude tomar!

Assumo com certa clareza,
embora não tenha certeza,
todo o contraditório.
Minha vida em repertório
cantar, cantar, cantar...



©rosangelaSgoldoni
05.06.2009
RL T 2 423 360
Publicada na Antologia Café com Verso vol. 3 2014, Editora Delicatta, SP

Um comentário:

  1. Como é bom poder vir ler tua "viagens", encontros, desencontros e... Cantar, cantar, cantar...

    Beijo, Rô
    Saudades

    ResponderExcluir

Seu comentário será bem-vindo!