Rascunho versos. Neles, sentimentos.

quarta-feira, 25 de maio de 2011

DUALIDADE




Descobri que sou duas
(não bastasse uma para conviver).

Momentos que se aproximam
ou se distanciam,
quando o suficiente seria viver.
A dualidade da vida se impõe:
desvio das paralelas
busco sempre uma reta
mas os trilhos se recompõem.
Dividida estou,
devo confessar!

Dividida sou,
quando queria somar!

©rosangelaSgoldoni

30 01 2010
T 2 420 938
E-Book Fragmentos Poemas à Flor da Pele Ano VI 2012

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será bem-vindo!