Rascunho versos. Neles, sentimentos.

terça-feira, 10 de maio de 2011

LUCIDEZ E POESIA






Ando meio distraída.
Não presto atenção à vida,
não presto atenção a nada.

Ando meio desligada.
Esqueço o que não devia
e ainda penso: sou sensata!

A sensatez já perdi.
Ando meio aparvalhada.
Troco o dia pela noite,
só escrevo na madrugada.

Coisas de poeta,
talvez inexperiente,
um tanto anestesiada.

Tento me convencer
de que lucidez e poesia
são excelentes companhias.


©rosangelaSgoldoni
25 01 2011
RL T 2 771 030
publicado em Fiapos de Lucidez

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será bem-vindo!