Rascunho versos. Neles, sentimentos.

segunda-feira, 9 de maio de 2011

AINDA TENHO ESPERANÇAS






Um presente do amigo radialista Renato Briganti.

Tenho esperanças de um mundo fraterno,

Há de chegar um tempo de paz.
Deixo registros no meu caderno,
Também acredito num mundo de iguais.

Seja o respeito o maior subsídio
Que afiance meu sonho sem vetos,
Que se desarme o imenso presídio
Que todos tenham direito a um teto.

Moral e honradez redefinidas
A preservação redesenhada
Guerras sem nexo indeferidas

O alimento seja abundante

A educação bem planejada
Tal sentimento do postulante.


©rosangelaSgoldoni
28 12 2010
RL T 2 707 991
Publicado na Antologia "Entre o Samba, o Fado e a Poesia" 2015
Comemorativa do II Encontro de Poetas da Língua Portuguesa
Dowslley  Editora










Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será bem-vindo!