Rascunho versos. Neles, sentimentos.

domingo, 11 de março de 2012

ESTRELAS EM MINHAS MÃOS



Saudades da terra batida,
das estrelas refletidas
na palma das minhas mãos.
Das juritis atrevidas,
arruaças tão festivas
às margens do ribeirão.
Relembro minhas gardenias,
os pés de caqui carregados,
do capim napier, o bailado,
eu, princesa, pé no chão.
Tô meio cabocla saudosa,
de uma vida preguiçosa,
mas voltar é sempre o refrão!

©rosangelaSgoldoni
11 03 2012
RL T 3 549 061

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será bem-vindo!