Rascunho versos. Neles, sentimentos.

terça-feira, 20 de março de 2012

OUTONO




OUTONO

 Preparo meus tons de marrom,
mesclo-os aos dourados,
perfeito este ton-sur-ton,
acentua meu jeito inflamado.

Meu jeito inflamado de outono
que explode no mês de abril,
me entrego em total abandono
e retomo meu ar juvenil.

Entre folhas acobreadas,
quaresmeiras em flores vicejam,
os pássaros na alvorada,
tamanha beleza festejam.

À noite olhando as estrelas,
percebo que posso abraçá-las,
posso mesmo entendê-las
e à sua luz prateada.

Outono te reverencio
claridade que inunda minh'dalma,
a todos eu o anuncio
e convoco uma salva de palmas!


©rosangelaSgoldoni
16.04.2009
RL T 2 421 207

2 comentários:

  1. Tantos outonos passaram
    Tanta coisa mudou
    Mas eu continuo navegando
    No rio de saudades...QUE VOCÊ DEIXOU.

    ResponderExcluir
  2. Obrigada, Carlinhos, pela presença e comentário!
    Bjssss

    ResponderExcluir

Seu comentário será bem-vindo!