Rascunho versos. Neles, sentimentos.

sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

AMO PORQUE AMO




AMO PORQUE AMO

Amo porque amo!
Não sei por que aconteceu.
Não me pergunto ou reclamo,
sequer você me escolheu!

Amo porque amo!
Brotou sem germinar,
um sentimento estranho,
não consigo interpretar!
Amo porque amo!
E não há o que explicar:
salvo algum engano,
é da vida o pulsar.

©rosangelaSgoldoni
24 02 2011
  RL T 2 811 451
   

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será bem-vindo!