Rascunho versos. Neles, sentimentos.

sábado, 10 de setembro de 2011

SEU TRAVESSEIRO





Dormi abraçada com seu travesseiro.
Saudades do aconchego,
do abraço doado sem medo,
sem pressa ou culpa, afinal!
Dormi abraçada com seu travesseiro.
Saudades do seu beijo,
que me guia por um  tempo
a um passeio especial!
Dormi abraçada com seu travesseiro.
Seu cheiro e meu devaneio
recuperam sentimentos
de amor em tempo integral.
Mas o acaso ou o destino
uniu nossos caminhos
de uma forma inusual:
somos paixão e carinho
delírio, desejo, 
bom vinho,
a cada gole um final.

©rosangelaSgoldoni
23 08 2011
RL T 3 212 660

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será bem-vindo!