Rascunho versos. Neles, sentimentos.

sábado, 3 de setembro de 2011

CATA-VENTO


CATA-VENTO

À cata do vento
O cata-vento
Desacata
O equilíbrio
Do caramanchão.
O movimento
Desengonçado
Encontra amparo
Na brisa suave
Que segue feliz
Sem qualquer direção.
©rosangelaSgoldoni
03 09 2011
RL T 3 199 055

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será bem-vindo!