Rascunho versos. Neles, sentimentos.

sexta-feira, 9 de setembro de 2011

SALTO ALTO, NARIZ EM PÉ






Estou sem sal:
estranho a mudança.
Fumando demais:
triste nuança.
Falando muito:
excessiva cobrança.

Às vezes choro não sei o por quê:
talvez pensando demais em você.
Só a rua me traz alegria:
não é a face do meu dia-a-dia.
Vivo à procura de um pouco de paz,
mas só paciência a vida me traz.

Apesar de tudo persisto na lida,
não me entrego, agradeço à vida,
Continuo sorrindo, não curto desdita:
salto alto,
nariz em pé,
acima de tudo
caminho com fé!


©rosangelaSgoldoni
09 09 2011
RL T 3 209 841
revisado em 23 10 2015

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será bem-vindo!