Rascunho versos. Neles, sentimentos.

sexta-feira, 15 de abril de 2016

REFRÃO ANTIGO



Aqui,
agora,
névoa intensa,
um manto de prata
devora a mata,
se estende à estrada.
Só,
testemunho
esta invasão.
Silêncio profundo
quebrado
pelo meu teclado
e pelo canto d'alguns pássaros,
além do riacho:
fazem estragos
no meu coração.
A lua se esconde
por trás do monte.
Assumo e constato
miinha solidão.
Mas chorar?
- Eu não!
Refrão tão antigo
que trago comigo,
em tom de equilíbrio
a esta emoção.

©rosangelaSgoldoni
19 03 2011

RL T 2 857 249

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será bem-vindo!