Rascunho versos. Neles, sentimentos.

quinta-feira, 25 de agosto de 2011

TUDO VAI SE AJUSTAR



Tento entender o que sinto:
difícil!
Dúvidas onde cabem certezas irrefutáveis:
lamentável!
E eu que era firmeza
transformo-me em tristeza:
diante da obviedade,
sou incredulidade!
Não quero ou não posso ver?
Recorro a Freud,
um velho e conhecido amigo,
com quem me aconselho.
Vai demorar algum tempo
mas tudo vai se ajustar.
Melhor dar tempo ao tempo,
com coragem e discernimento
voltarei a festejar:
esquecerei tais pensamentos
e a vida volto a celebrar!
©rosangelaSgoldoni
22 08 2011
RL T 3 182 472

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será bem-vindo!