Rascunho versos. Neles, sentimentos.

segunda-feira, 29 de setembro de 2014

SONHOS RECORRENTES




Eis que,
trás os montes,
o sol escorre
lentamente.
Acendem-se
os sonhos recorrentes
que a noite transporta
em sua bagagem.
Poetas desavisados
reencontram-se à procura
de versos exibidos,
expostos,
consentidos
à espera do poema.
Ciclos que não se limitam...

©rosangelaSgoldoni
28 09 2014
RL T 4 979 812


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será bem-vindo!