Rascunho versos. Neles, sentimentos.

terça-feira, 28 de julho de 2015

QUASE UM POEMA DE AMOR



Havia um quê de desconforto.
Não que fosse indigesto,
funesto ou
perturbador.
Apenas um verso sem pé nem cabeça,
quebrado,
predestinado a engessar um poema de amor.
A inspiração partiu sem dizer adeus.

©rosangelaSgoldoni
26 06 2015
SMM
RL T 5 326 935

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será bem-vindo!