Rascunho versos. Neles, sentimentos.

terça-feira, 28 de julho de 2015

MEU PRIMEIRO VERSO




Vai tão longe, tão longe que me perco,
não acesso os caminhos da memória.
Meu verso, do primeiro, não me lembro,
apesar de fazer parte da minha história.

As letras me atraíram muito cedo.
Lia tudo que pudesse alcançar;
escrevi tanto, tanto, que me esqueço,
resolvi assumir e m'esforçar.

Hoje, sem papel, eu não resisto,
busco nem que seja um guardanapo,
rabisco a idéia em pedaços.

A trajetória do poema é traçada,
certamente, um dia resgatada,
e a poesia, como flor, brotará.

©rosangelaSgoldoni
16 12 2010

RL T 2 676 538

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será bem-vindo!