Rascunho versos. Neles, sentimentos.

quinta-feira, 15 de agosto de 2013

MADRUGADAS INSONES





Fantasmas
[sem cerimônias]
transitam  pela casa
nas madrugadas insones.
Não os consagro insidiosos.
Exorcizo-os:
trazem em si bolores de um passado expurgado,
transubstanciado em presente evidente:
clara/mente poesia!

©rosangelaSgoldoni
16 08 2013
RL T 4 436 520
Publicada na Antologia Mulheres Fascinantes II, 2013, Editora Delicatta SP



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será bem-vindo!