Rascunho versos. Neles, sentimentos.

quinta-feira, 29 de agosto de 2013

AMOR QUE FAZ DOER




Amor que faz doer
não deve ser amor.

Talvez consumição,
à beira da loucura
na fronteira da inspiração.
Perder-se da poesia,
em noites de lua cheia,
um flagelado coração.

Amor que faz doer.
não deve ser amor.

Talvez síntese do desencontro
em permanente consternação.

©rosangelaSgoldoni
25 08 2013
RL T 4 458 299

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será bem-vindo!