sexta-feira, 26 de julho de 2013

DESFOLHANDO PECADOS



Há lua lá fora...
A névoa acorda!
Incensos de rosas
inebriam sementes...
dormentes!
Germinam certezas
de natureza
subjacente.
Desfolho os pecados,
recubro-me orvalho,
repudio a impaciência.
Leniência!

Rogoldoni
25 07 2013
RL T 4 406 539

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será bem-vindo!

VERSOS PANDÊMICOS

Sem respeitar fronteiras, fraciona vida e morte em lotes de horror. Separadas por tubos e muros, famílias se desencontram ...