domingo, 21 de outubro de 2012

MEIA LUA



Meia Noite
Meia lua.
Sorte
Açoite
Insana
Lúcida
Esperta
Estúpida
Sorriso
Soluço
Atrevida
Precavida
Realista
Romântica.
Retórica
ou
Semântica?
Divergências
que convergem
a uma suposta loucura.
Consciente?
Oculta?
Intrigante criatura,
retoma teus passos
antes que a claridade
venha banhar-te de certezas!
O mistério ainda é a melhor poesia.

©rosangelaSgoldoni
21 10 2012
RL T 3 944 540

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será bem-vindo!

VERSOS PANDÊMICOS

Sem respeitar fronteiras, fraciona vida e morte em lotes de horror. Separadas por tubos e muros, famílias se desencontram ...