quinta-feira, 3 de novembro de 2016

DOIS ADOLESCENTES E UMA BICICLETA



Seguia tranquila ao meu destino.
Passaram por mim em sentido contrário.
Um menino pedalando e uma garota que seguia ao seu lado segurando a bicicleta tentando impedi-lo de prosseguir.
Talvez não ultrapassassem a idade de 15 anos.
Ele gritava:
- me larga, me deixa, quero ir embora!
Ela retrucava também aos gritos:
- desce pra gente conversar!
Quem aprontou não sei.
Segui o meu caminho conversando comigo mesma: jovens e dramáticos
O que o futuro reservaria àquele casal?
Palpitei mentalmente:
- ao garoto, quem sabe, um conquistador...
- com relação à menina, reconstruiria sua autoestima?
Bem, isso não me diz respeito.
Desejo que sejam felizes: não sei quando, não sei onde, seja lá com quem for.

Rogoldoni
03 11 2016
RL T 5 812 614
Publicado na revista CAOSótica setembro-dezembro 2018, número 48 ano 13 pág. 48 Porto Alegre RS

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será bem-vindo!

MEMÓRIAS E INFÂNCIAS

Brigou pelo não ser enquanto subia em direção ao estômago da mãe. Talvez pretendesse esquivar-se da luz que a aguardava. Não ad...