Rascunho versos. Neles, sentimentos.

quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

JOGO DE MEMÓRIA



Fosse para sempre,
não seria.
Fosse para depois,
não adiantou.
Um jogo de memória,
peças aleatórias.
Fosse bicho, fosse gente,
descrentes.
O agora no ontem
foi tudo o que restou.

©rosangelaSgoldoni
21 12 2015
RL T 5 517 724
Publicado na Antologia Poetas Fazendo Artes "nas Gerais", 2016, organização Sonia Imamura, Editora Delicatta

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será bem-vindo!