Rascunho versos. Neles, sentimentos.

quarta-feira, 1 de outubro de 2014

DO OUTRO LADO DA RUA




Varandas e sacadas invadem
minha sala.
Foi-se o tempo em que minha janela
abria-se para o mundo.
Cuidadosa,
semicerro as cortinas.
E, no entanto,
não sei viver em gaiolas:
foram-se os últimos raios de sol
e a estrela vespertina.

Senhores do outro lado da rua:
Eu, Vésper e a lua temos um encontro marcado
entre as taboas do charco,
antes que as primeiras gotas de orvalho se insinuem.

A vós, as sacadas!

©rosangelaSgoldoni
30 09 2014

RL T 4 981 915


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será bem-vindo!