Rascunho versos. Neles, sentimentos.

domingo, 9 de fevereiro de 2014

UM PORTO QUASE SEGURO


UM PORTO QUASE SEGURO

Silêncios

indigestos;
medos 
reticentes;,
noites de sono inconsistente.

Que não te soem rasos meus avisos e alertas!


Nestes versos,

sem pretensões estéticas,
reproduz-se um ouvido insano
que, ao longo de alguns anos
tornou-se confidente:
um porto quase seguro
nos caminhos do entardecer...

©rosangelaSgoldoni

29 11 2013
RL T 4 683 210

2 comentários:

  1. Porto Quase Seguro...Porto Solidão...junção perfeita: Rosângela e Jessé!

    ResponderExcluir
  2. Como é bom saber que existe um Porto Seguro nos momentos mais dificeis da vida!

    ResponderExcluir

Seu comentário será bem-vindo!