Rascunho versos. Neles, sentimentos.

quarta-feira, 27 de março de 2013

BEM DITAS POESIAS



Perco-me à procura de sentimentos
no mais perfeito encontro da internet:
a poesia!
Leio e releio versos oblíquos,
ambíguos ou desconexos;
muita coisa sensata,
a palavra bem trabalhada,
revejo meus conceitos críticos:
nada é desperdício.
Desconecto.
Vou até a estante, folheio ao acaso: farto-me!
Escolhidas a dedo,
desvendam segredos
do autor e da leitora:
simbiose declarada,
vidas escancaradas,
a vera ou por imaginação.
Que seja bem-vinda,
bendita, a poesia,
vívida forma de expressão.

16 05 2012
Rosângela de Souza Goldoni

Poesia publicada no livro “Cumplicidade das Letras”
Autores Contemporâneos, Projeto de Inclusão Literária.
Coletânea de Poemas organizada por Bruno Resende Ramos,
Viçosa , MG, 2012, em homenagem a Affonso Romano de Santanna.
Editora PerSe
Página 153

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será bem-vindo!