Rascunho versos. Neles, sentimentos.

quinta-feira, 24 de janeiro de 2013

SÃO PAULO, GAROA E POESIA






São Paulo
que te quero impura,
revestida de cultura,
templo de pluralidades.
Senhora
de audácias seculares,
revoluções históricas
em multiplacadas faces.
Garoa
que transborda poesia,
em cada rosto,
em cada esquina,
estrepitosa alegría
ou suspiros de saudade.
São Paulo
que te quero hospitaleira,
esperança companheira,
transformando realidades.
Destino laços fortes fundadores,
agregados e valores,
num delírio social.

©rosangelaSgoldoni
17 12 2012
RL T 4 103 395

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será bem-vindo!