Rascunho versos. Neles, sentimentos.

segunda-feira, 14 de janeiro de 2013

PROMESSAS DE AVALON




Que venha a bruma inquieta
envolta em seus mistérios,
instigar-me e tirar-me do sério
com promessas de Avalon.
Senhora em meus domínios,
pomar, varandas e ninhos,
onde me permito,
sem limites,
solitárias recordações.
Medo?
Já somos consortes:
status de hóspede
já te concedi.
Entra e fica à vontade,
espalha-te por  toda a parte,
faz-me princesa celta,
sob as bênçãos de Áine,
soberana deusa do amor.

©rosangelaSgoldoni
14 01 2013
RL T 4 084 955

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será bem-vindo!