Rascunho versos. Neles, sentimentos.

segunda-feira, 10 de setembro de 2012

DIZE-ME TEU NOME QUE TE DIREI QUEM ÉS


Imagem: Brenda Burke



Decifro-te nas sílabas e entre sílabas,
acentos e preposições (se houver).
Recorrerei à numerologia,
criptografia,
e aos meios dos quais dispuser.

Sim, saberei quem és!
Dize-me teu nome e,
pelo conjunto harmônico,
pelo teor homofônico,
só te camuflarás
se eu quiser.

Mas não tenhas medo,
tornar-se-á um segredo,
Mas, é certo, saberei quem és.


©rosangelaSgoldoni
29 12 2010
RL T 2 705 227


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será bem-vindo!