Rascunho versos. Neles, sentimentos.

terça-feira, 22 de maio de 2012

COQUEIROS DE PAJUÇARA








COQUEIROS DE PAJUÇARA

Tortos,
envergados
modelados.

Folhas ao vento
descabeladas,
dilaceradas,
salpicadas pela brisa do mar.

Ondulantes flutuações
num bailado sibilado;
eólea coreografia
que desafia
um cenário de evocações.

Coqueiros de Pajuçara,
céu azul, areia espelhada;
arrecifes, naturais cinturões.

Natureza generosa,
abusou do seu lado dengosa,
com o auxílio da Criação.

Eu, sudeste de praias famosas,
curvo-me ante as palmeiras charmosas,
nordeste revela-se nos mares sertões.

©rosangelaSgoldoni
22 05 2012
RL T 3 682 877

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será bem-vindo!