Rascunho versos. Neles, sentimentos.

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

COSTURANDO A FELICIDADE ... É Carnaval!



Multidões coloridas
bordam sonhos em fantasias
de vida.
Paetês e purpurinas,
cordas,
algumas linhas,
pontos de inclusão.
Foliões costuram a felicidade.
É carnaval!

©rosangelaSgoldoni
24 02 2017
RL T 5 923 062

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

SOLIDÃO DE PRESENÇAS



Resíduos,
Vestígios...
Rastros...
Ó amores bastardos,
regozijai-vos com a escuridão da noite
que vos acolhe em solidão de presenças.
Façam das gotas de orvalho o gozo necessário
ao brilho das estrelas,
momento  camuflagem em doses terapêuticas,
sentidos em prontidão,
delírios.
Pacientem-se frente ao sol que surgirá deixando
resíduos,
vestígios,
rastros...

©rosangelaSgoldoni
26 10 2016

RL T 5 915 826

sábado, 11 de fevereiro de 2017

A MENINA QUE BRINCAVA DE ESCONDE-ESCONDE



Noites de verão duma infância no
esconde-esconde por entre as árvores da chácara;
liberdade vigiada,
gosto de quero mais.
Brincava feliz!
A lua passeava de galho em galho
enquanto o mundo girava sobre sua cabeça.
Haveria um príncipe a esperá-la além da Via Láctea?
Sirius refletiria um sapatinho de cristal?
A menina que brincava de esconde-esconde
rendeu-se à transparência (enigmática ) dos poetas.
Queria mais!
Libertou-se dos sonhos infantis e
sonhou outras poesias.
Viveu feliz!

©rosangelaSgoldoni
11 02 2017
RL T  5 909 906

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017

O SAL DAS MÁGOAS




O tempo (es)correu
por entre as calhas salgadas dum toboágua.
No salto da vida,
sobreviveu à pressão .
Longe,
muito longe,
emergiu das espumas de algodão doce
numa praia de areia açucarada.
Libertou-se do sal das mágoas.

©rosangelaSgoldoni
02 02 2017
RL T  5 900 890