Rascunho versos. Neles, sentimentos.

segunda-feira, 12 de junho de 2017

TEMPOS E (IM)PACIÊNCIAS



Foi-se o tempo do pouco tempo,
dos relógios e seus ponteiros
a controlar-me sem compaixão.
 
Uma corrida desleal!
 
Não havia espaço pra erros,
acumulavam-se sonhos e segredos,
funções e medos reais.
 
Tempos de tempo integral!
 
Meu tempo de hoje é sobra
que me devora por fora
e desacelera os  pensamentos.
 
(Im)paciências de vida!
 

©rosangelaSgoldoni
21 05 2017
RL T 6 024 351

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será bem-vindo!