Rascunho versos. Neles, sentimentos.

sábado, 17 de dezembro de 2016

INEVITÁVEL


Relia sua vida numa ampulheta.
Percebeu que o tempo brincava com os movimentos.
Do nascimento à maturidade
conviveu com as dificuldades
do percurso.
Persistente,
desviou-se das pedras;
lidou com promessas e quebras,
humores em oscilação
Alcançou o proposto!
Do alto da vida,
deu-se conta de que a descida era iminente.
Relutou mas não ousaria desafiar o tempo.
A ampulheta voltava a ser criança
dependente de cuidados e atenção.
Um caminho sem volta.
Seu tempo em contagem regressiva.

©rosangelaSgoldoni
08 09 2016
RL T 5 856 392


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será bem-vindo!